Tipos de Cervejas

Cervejas “Lager” são cervejas fermentadas por um tipo de levedura (fermento), chamada de ‘Saccharomyces pastorianus’, que trabalha melhor em temperaturas mais baixas (de 6 a 12ºC). Na fase de fermentação a levedura fica no fundo do fermentador (bottom-fermenting).

O nome Lager é devido ao processo pelo qual a cerveja é maturada em temperaturas baixas (comumente em caves, cavernas ou adegas) por longos períodos de tempo – do alemão lagern.

Tem entre seus tipos mais conhecidos a Pilsener, tipo de cerveja originariamente criada no século 19 na cidade de Pilsen, região da Boêmia da República Tcheca, e que por isso muitas vezes é chamada de Pilsen ou Pils ao invés de Pilsener.

Cervejarias que produzem

Badenia, Da Ilha, Jester, Faixa Preta, The Liffey, Cozalinda, Unika e Sunset.

Cervejas “Ale” são cervejas fermentadas por um tipo de levedura (fermento), chamada de ‘Saccharomyces cerevisiae’, que trabalha melhor em temperaturas mais elevadas (entre 15º a 24º ou mesmo mais). Na fase de alta fermentação a levedura sobe à superfície (top-fermenting), e este processo foi utilizado antes de descobrirem as leveduras de baixa fermentação.

Cervejas Ale, são geralmente mais complexas em sabores como os maltados, frutados e lupulados.

Ale também é a forma como os Ingleses chamam a cerveja, sendo as mais conhecidas, a Pale Ale e a Indian Pale Ale (IPA).

Cervejarias que produzem

Badenia, Cozalinda, Da Ilha, Faixa Preta, Jester, Kairós, The Liffey, Unika, Weinmann e Sunset.

Cervejas “Híbridas” são cervejas que unem características das cervejas ale e lager, seja pela levedura e processo utilizado, ou pelas características apresentadas. Por exemplo, algumas leveduras de estilos de cerveja híbrida podem fermentar bem dentro do limite sugerido para fermentos do estilo Ale, mas ainda retém o caráter e a leveza de um fermento Lager.

Dois bons exemplos são a cerveja alemã Kolsch e a americana Cream Ale, que apesar de utilizarem leveduras ale, ou as vezes um híbrido das duas, apresentam um sabor limpo e um final seco, que são as características de uma lager.

Cervejarias que produzem

Kairós

Cerveja com aromas e sabores equilibrados entre cravo e banana. Apresenta um caráter de lúpulo nobre baixo. Leve aroma de trigo pode ser percebido além uma leve acidez cítrica, caráter de baunilha leve e suave aroma de tutti-frutti. A coloração é amarelo palha com colarinho branco muito grosso, consistente e persistente. É uma cerveja mais turva devido à suspensão de sedimentos de leveduras. Na boca o corpo é médio-leve. A textura do trigo transmite sensação de cremosidade e maciez, muito efervescente.

Teor alcoólico: 4,9 – 5,6%

Amargor: 10 – 15 IBUs

Cervejarias que produzem

Badenia, Da Ilha, Faixa Preta, Jester, Kairós, Weinmann

Tipicamente apresenta leves notas de cereais vindas do malte Pilsen e lúpulos bem característicos com notas florais ou de especiarias. Cor palha até dourado claro, brilhante a bem límpida, com um colarinho cremoso e persistente. Sabor amargo e com final bem definido. Na boca, apresenta corpo médio-leve e carbonatação de média a alta.

Teor alcoólico: 4,4 – 5,2%

Amargor: 25 – 45 IBUs

Cervejarias que produzem

Badenia

Cerveja com proeminente aroma e sabor de lúpulo com caráter cítrico, derivado dos lúpulos americanos. Apresenta também um dulçor limpo de malte e um pouco de álcool pode ser notado. A cor apresenta tons alaranjados e é límpida. Tem colarinho de cor branco. Na boca é macia, com corpo médio e uma carbonatação moderada. Um suave calor alcoólico pode ser percebido.

Teor alcoólico: 5,5 – 7,5%

Amargor: 40 – 70 IBUs

Cervejarias que produzem

Kairós

É a versão Ale da cerveja pilsen americana. Cerveja com notas discretas de malte e aroma adocicado. O aroma de lúpulo é quase imperceptível. Apresenta cor palha pálida com colarinho médio e carbonatação alta. É uma cerveja com limpidez reluzente e brilhante. Na boca a sensação é leve e refrescante, com um final bem definido.

Teor alcoólico: 4,2– 5,6%

Amargor: 15 – 20 IBUs

Cervejarias que produzem

Kairós

Cerveja com moderado sabor e aroma de malte com um leve toffee. Final com um leve gosto de grão torrado, que propicia uma típica secura. O aroma de lúpulo é baixo. A cor é cobre avermelhado profundo e é bem límpida, com colarinho baixo, de cor quase branco. Na boca o corpo é médio com uma carbonatação moderada. Focada em malte, com dulçor inicial e final torrado e seco.

Teor alcoólico: 4,0 – 6,0%

Amargor: 17 – 28 IBUs

Cervejarias que produzem

Kairós e Weinmann

Cerveja com aromas e sabores proeminentes de café, cevada tostada e malte torrado, e um leve aroma e sabor de chocolate. O aroma de lúpulo é bem baixo. Cerveja escura com reflexos de cor granada. O colarinho é bege, espesso, cremoso e persistente. Na boca a sensação é de corpo de médio-baixo com caráter cremoso, com uma carbonatação moderada.

Teor alcoólico: 4 – 5%

Amargor: 30 – 45 IBUs

Cervejarias que produzem

Jester, Kairós, The Liffey