Tipos de Cervejas

Cervejas “Lager” são cervejas fermentadas por um tipo de levedura (fermento), chamada de ‘Saccharomyces pastorianus’, que trabalha melhor em temperaturas mais baixas (de 6 a 12ºC). Na fase de fermentação a levedura fica no fundo do fermentador (bottom-fermenting).

O nome Lager é devido ao processo pelo qual a cerveja é maturada em temperaturas baixas (comumente em caves, cavernas ou adegas) por longos períodos de tempo – do alemão lagern.

Tem entre seus tipos mais conhecidos a Pilsener, tipo de cerveja originariamente criada no século 19 na cidade de Pilsen, região da Boêmia da República Tcheca, e que por isso muitas vezes é chamada de Pilsen ou Pils ao invés de Pilsener.

Cervejarias que produzem

Badenia, Da Ilha, Jester, Faixa Preta, The Liffey, Cozalinda, Unika,

Cervejas “Ale” são cervejas fermentadas por um tipo de levedura (fermento), chamada de ‘Saccharomyces cerevisiae’, que trabalha melhor em temperaturas mais elevadas (entre 15º a 24º ou mesmo mais). Na fase de alta fermentação a levedura sobe à superfície (top-fermenting), e este processo foi utilizado antes de descobrirem as leveduras de baixa fermentação.

Cervejas Ale, são geralmente mais complexas em sabores como os maltados, frutados e lupulados.

Ale também é a forma como os Ingleses chamam a cerveja, sendo as mais conhecidas, a Pale Ale e a Indian Pale Ale (IPA).

Cervejarias que produzem

Badenia, Cozalinda, Da Ilha, Faixa Preta, Jester, Kairós, The Liffey, Unika e Weinmann

Cervejas “Híbridas” são cervejas que unem características das cervejas ale e lager, seja pela levedura e processo utilizado, ou pelas características apresentadas. Por exemplo, algumas leveduras de estilos de cerveja híbrida podem fermentar bem dentro do limite sugerido para fermentos do estilo Ale, mas ainda retém o caráter e a leveza de um fermento Lager.

Dois bons exemplos são a cerveja alemã Kolsch e a americana Cream Ale, que apesar de utilizarem leveduras ale, ou as vezes um híbrido das duas, apresentam um sabor limpo e um final seco, que são as características de uma lager.

Cervejarias que produzem

Kairós

Cerveja com aromas e sabores equilibrados entre cravo e banana. Apresenta um caráter de lúpulo nobre baixo. Leve aroma de trigo pode ser percebido além uma leve acidez cítrica, caráter de baunilha leve e suave aroma de tutti-frutti. A coloração é amarelo palha com colarinho branco muito grosso, consistente e persistente. É uma cerveja mais turva devido à suspensão de sedimentos de leveduras. Na boca o corpo é médio-leve. A textura do trigo transmite sensação de cremosidade e maciez, muito efervescente.

Teor alcoólico: 4,9 – 5,6%

Amargor: 10 – 15 IBUs

Cervejarias que produzem

Badenia, Da Ilha, Faixa Preta, Jester, Kairós, Weinmann

Tipicamente apresenta leves notas de cereais vindas do malte Pilsen e lúpulos bem característicos com notas florais ou de especiarias. Cor palha até dourado claro, brilhante a bem límpida, com um colarinho cremoso e persistente. Sabor amargo e com final bem definido. Na boca, apresenta corpo médio-leve e carbonatação de média a alta.

Teor alcoólico: 4,4 – 5,2%

Amargor: 25 – 45 IBUs

Cervejarias que produzem

Badenia

Cerveja com proeminente aroma e sabor de lúpulo com caráter cítrico, derivado dos lúpulos americanos. Apresenta também um dulçor limpo de malte e um pouco de álcool pode ser notado. A cor apresenta tons alaranjados e é límpida. Tem colarinho de cor branco. Na boca é macia, com corpo médio e uma carbonatação moderada. Um suave calor alcoólico pode ser percebido.

Teor alcoólico: 5,5 – 7,5%

Amargor: 40 – 70 IBUs

Cervejarias que produzem

Kairós

É a versão Ale da cerveja pilsen americana. Cerveja com notas discretas de malte e aroma adocicado. O aroma de lúpulo é quase imperceptível. Apresenta cor palha pálida com colarinho médio e carbonatação alta. É uma cerveja com limpidez reluzente e brilhante. Na boca a sensação é leve e refrescante, com um final bem definido.

Teor alcoólico: 4,2– 5,6%

Amargor: 15 – 20 IBUs

Cervejarias que produzem

Kairós

Cerveja com moderado sabor e aroma de malte com um leve toffee. Final com um leve gosto de grão torrado, que propicia uma típica secura. O aroma de lúpulo é baixo. A cor é cobre avermelhado profundo e é bem límpida, com colarinho baixo, de cor quase branco. Na boca o corpo é médio com uma carbonatação moderada. Focada em malte, com dulçor inicial e final torrado e seco.

Teor alcoólico: 4,0 – 6,0%

Amargor: 17 – 28 IBUs

Cervejarias que produzem

Kairós e Weinmann

Cerveja com aromas e sabores proeminentes de café, cevada tostada e malte torrado, e um leve aroma e sabor de chocolate. O aroma de lúpulo é bem baixo. Cerveja escura com reflexos de cor granada. O colarinho é bege, espesso, cremoso e persistente. Na boca a sensação é de corpo de médio-baixo com caráter cremoso, com uma carbonatação moderada.

Teor alcoólico: 4 – 5%

Amargor: 30 – 45 IBUs

Cervejarias que produzem

Jester, Kairós, The Liffey